Imagem 2: Adrenalina

A química do medo


O medo é uma reação involuntária fundamental na sobrevivência do ser humano até os dias atuais. À partir do estímulo externo, ocorre uma reação em cadeia que provoca efeitos no corpo, como a aceleração do batimento cardíaco e outros que serão enunciados nesse texto.

O medo é regulado por uma parte do lobo temporal chamada de amigdala, sendo que esta envia um sinal ao hipotálamo, que tem função de controle de metabolismo, aumentando a produção da adrenalina, noradrenalina, acetilcolina e cortisol. A adrenalina é um hormônio neurotransmissor, pois atua no sistema nervoso simpático e possui dois enantiômeros, sendo que a atividade hormonal é realizada apenas pela adrenalina levogira.

Imagem 1 : principais áreas do cérebro responsáveis pelo medo

Imagem 1 : principais áreas do cérebro responsáveis pelo medo

A adrenalina é responsável pelo aumento da frequência cardíaca, pressão arterial e provoca a dilatação das paredes musculares dos brônquios, possibilitando o aumento do fluxo de ar e da taxa respiratória. A adrenalina também promove a redução na secreção de insulina no pâncreas e no fígado, induzindo o aumento da taxa de glicose na corrente sanguínea, o que leva a fermentação da glicose dos músculos. A noradrenalina é também um neurotransmissor e um percursor da adrenalina, com efeito de vasoconstrição periférica e aumento da pressão arterial. A acetilcolina é uma amina produzida no citoplasma das terminações nervosas e é responsável pela contração muscular e o cortisol ajuda a manter o balanço da pressão sanguínea.

Imagem 2: Adrenalina

Imagem 2: Adrenalina

O conhecimento de como se origina o medo pode ser uma importante ferramenta em momentos em que devemos supera-los, tendo consciência que é um processo natural e que se aplica a todo ser humano.

 

 

Imagem 1: LIVESCIENCE. Scary Science: How Your Body Responds to Fear. Fonte: https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/understanding-the-stress-response

Acesso em: 22/12/17

Imagem 2 :INFOESCOLA. Adrenalina. Fonte: https://www.infoescola.com/hormonios/adrenalina/

Acesso em: 22/12/17

Howstuffworks. How Fear Works. Fonte: https://science.howstuffworks.com/life/inside-the-mind/emotions/fear2.htm

Acesso em: 22/12/17 ás 12:42

Portal São Francisco. Acetilcolina. Fonte: http://www.portalsaofrancisco.com.br/biologia/acetilcolina

Acesso em: 22/12/17

Huffpost brasil. Adrenaline, Cortisol, Norepinephrine: The Three Major Stress Hormones, Explained. Fonte: http://www.huffpostbrasil.com/entry/adrenaline-cortisol-stress-hormones_n_3112800

Acesso em: 22/12/17

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>